terça-feira, 23 de dezembro de 2014

COMO SE SENTIR FELIZ NO NATAL APESAR DOS PROBLEMAS

Para quase todo mundo um feliz Natal é o passado em família, estando todos com saúde e em paz. Não podem faltar também uma mesa farta e muitos presentes. 

Ma, quando as circunstâncias são diferentes, o Natal se torna penoso, pois a pessoa não estando feliz, numa data como essa acaba, por se sentir como peixe fora da água, ao ver todo mundo aparentemente bem e só ela mal. 

Eu sei bem o que é se sentir assim. Em 2002, minha mãe teve que ser operada durante a noite de Natal - ela sofreu muito e acabou morrendo em meados de 2003. Por causa disso, durante alguns Natais, eu não conseguia me sentir bem. A lembrança de visitar minha mãe na UTI, na manhã do dia 25, assombrou minhas memórias durante algum tempo. 

Mas aprendi, com meu amadurecimento espiritual, que a verdadeira felicidade do Natal não está nas coisas tradicionais - mesa farta, presentes, etc -, embora eu reconheça que elas ajudam muito uma celebração alegre. 

Os motivos para estar feliz no Natal devem ser buscados em outro lugar e não dependem das circunstâncias da vida humana. O primeiro motivo decorre da percepção que Deus nos ama de tal maneira que mandou seu Filho ao mundo para morrer por nós (João capítulo 3, versículo 16). E no Natal comemoramos exatamente esse fato.

O segundo motivo vem do entendimento que Jesus nos compreende, incluindo nossas fraquezas e sofrimentos. Afinal, Ele viveu entre nós e também passou por grandes dificuldades na vida. Teve fome e frio, foi discriminado pela sua origem considerada duvidosa (um pai desconhecido pelas pessoas), foi torturado, escarnecido e, no final, abandonado por quase todos aqueles a quem amava. E sua experiência neste mundo começou exatamente num Natal, quando Ele nasceu num estábulo e foi deitado num simples cocho, em meio aos animais.

Agora, por conhecer nossas dificuldades, Jesus sabe como nos consolar e temos n´Ele o melhor dos advogados para pedir por nós junto a Deus Pai. E isso deve ser motivo de alegria.

Não importam as circunstâncias da sua vida, sempre há motivos para você se sentir feliz nesse e em todos os outros Natais. Portanto, comemore cada um deles, sozinho ou em grupo, com comida ou sem ela, com muitos ou poucos presentes, não importa. 

Feliz Natal, são os meus votos carinhosos

Nenhum comentário:

Postar um comentário