terça-feira, 9 de dezembro de 2014

DOMINGO: DIA DO SENHOR OU DO LAZER?

Tempos atrás, um amigo me fez uma pergunta interessante: em qual dia da semana o blog é mais acessado e em qual é menos procurado? Pesquisei essa informação usando as diversas ferramentas que o site (onde meu blog está hospedado) proporciona para os autores e tive uma surpresa: o blog é mais cessado nas quartas ou quintas feiras e menos acessado nos domingos (algo como 15% menos do que a média dos dias da semana). 

Em outras palavras, no chamado ”dia do Senhor”, aquele dia da semana separado para Deus, os dados deste blog indicam que é justamente aí em que há menos interesse em discutir a fé cristã. E isso é um paradoxo. Como explicar tal tipo de coisa? 

A primeira resposta, que me ocorreu, estava baseada no fato das pessoas terem mais compromissos pessoais – compras, lazer, etc – no fim de semana, sobrando menos tempo para atividades religiosas. Por outro lado, é durante os dias úteis que as pessoas estudam, trabalham, perdem tempo no trânsito e certamente estão mais cansadas. Portanto, essa resposta - falta de tempo - não me satisfez. 

Aí lembrei-me de um artigo que saiu no jornal New York Times, 29/09/11, onde foi discutido o estado de espírito das pessoas ao longo da semana. A Universidade de Cornell, nos Estados Unidos, fez um longo estudo para determinar esse tipo de coisa usando os conteúdos das mensagens (twits) que as pessoas enviam umas para as outras ao longo da semana, usando a ferramenta Twitter. 

Os técnicos analisaram cerca de 2 milhões twits, enviados por pessoas de 84 países, incluindo o Brasil. Twits com palavras positivas foram tratados como indicadores de um estado de espírito mais positivo – o que estou chamando aqui de "alto astral". O inverso vale para os twits que fazem uso de palavras negativas. 

Os resultados obtidos foram muito interessantes e bastante lógicos: 
  • O estado de espírito das pessoas vai piorando ao longo da semana e chega ao ponto mais baixo por volta de quinta feira (naqueles países onde a sexta é o último dia útil da semana). 
  • Os momentos de mais "alto astral " são a sexta à noite, o sábado à noite e o domingo durante o dia. 
  • No domingão, o astral começa alto na madrugada e vai caindo. Sobe de novo por volta das 9:00 hs da manhã. Depois cai lentamente até o final do dia. E esse é o dia de astral médio mais alto. 
  • Nos dias úteis, o astral chega ao ponto mais baixo à tarde, melhorando à noite.
Comparando o acesso ao meu blog com o resultado desse estudo, encontrei uma correlação interessante: quanto mais alto o astral, menor o acesso ao blog. E quando o astral cai, o acesso ao blog sobe

Isto é, quando estão por baixo, as pessoas ficam mais predispostas a refletir sobre as coisas relacionadas com Deus e quando estão se sentindo bem, isso importa menos. Simples assim.

É exatamente essa a percepção do comportamento humano que a Bíblia relata. Ela ensina que as pessoas tendem a se aproximar de Deus no sofrimento e se afastam d´Ele quando estão bem. Nas crises, as pessoas vão para junto de Deus e querem estar com Ele a cada momento do seu dia, pois se sentem perdidas e vulneráveis. Nos momentos bons, escolhem preferem curtir sua vida e agem como se não precisassem de Deus.

É exatamente por isso que o conceito de ter o domingo como o dia dedicado a Deus vem perdendo apoio entre os(as) cristãos(ãs). E as igrejas não vem conseguindo mudar esse estado de coisas.

Ora, se Deus reservou um dia para que os seres humanos venham a dar preferência a estarem com Ele, alguma razão importante havia. E a explicação é simples: não é possível construir uma boa relação com quem quer que seja sem passar "tempo de qualidade" com essa pessoa. 

E, por "tempo de qualidade", refiro-me aos momentos em que a pessoa está bem, sem pressa e em condições de curtir bem esse relacionamento - exatamente como a maioria das pessoas parece estar no domingo.  

Tudo isso aponta para um grande erro da sociedade moderna. As pessoas vêm cada vez mais escolhendo seu lazer ao relacionamento com Deus. Dão a Ele o tempo que sobra, nunca os melhores momentos. E depois não sabem porque seu relacionamento com o Pai não progride.

Nunca deixe de separar "tempo de qualidade" para estar com Deus, orando, louvando, estudando a Palavra, etc. E os dados indicam que o domingo parece ser o melhor dia para isso. Pode ter certeza que esse é o melhor uso possível do seu tempo. 

Com carinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário