quinta-feira, 9 de julho de 2015

POR QUE DEUS ESPERA LOUVOR?

Durante muitos anos, confesso, eu tive um incômodo espiritual: por que Deus requer de nós o louvor? Parecia-me que essa necessidade de ser louvado indicaria uma certa vaidade. E isso é incompatível com a santidade e perfeição de Deus.

Como essa dúvida pode ser também sua, acho que vale a pena apresentar as respostas que encontrei.

O conceito de vaidade
E começo por discutir o conceito de vaidade: trata-se de uma visão inflada que a pessoa tem de si mesma. Ser vaidoso(a) é ter um mundo interior caracterizado por uma falsa percepção da própria importância e pela tentativa de obter um crédito não devido. Em outras palavras, vaidade é uma manifestação de um ego indevidamente inchado.

Sendo assim, é possível que Deus seja vaidoso? É claro que não. Primeiro, porque como Ele sabe tudo, tem uma visão realista de si mesmo. Depois, porque nenhum reconhecimento (louvor) que Ele espere é indevido, pois tudo nasce n´Ele e depende d´Ele para existir.

Em outras palavras, Deus é sempre merecedor de louvorE nós somos totalmente dependentes d´Ele (1 Coríntios capítulo 4, versículo 7).

O louvor como proteção 
Mas, ao cobrar de nós louvor, Deus está também nos protegendo. E talvez isso surpreenda você. 

O ser humano é uma criatura espiritual - o livro do Eclesiastes (capítulo 3, versículo 11) revela que Deus colocou a eternidade nos nossos corações. Fomos "projetados" para ter ligação espiritual estreita com algo que nos pareça superior.

E é dessa constatação que resulta a insistência de Deus para fazermos d´Ele o foco do nosso louvor. Isso porque se não estivermos intimamente ligados a Ele, acabaremos ligados espiritualmente a outra coisa - p. ex. dinheiro, poder ou mesmo um outro deus - que passará a ter primazia na nossa vida. 

O chamado de Deus para que o louvemos, portanto, nos protege desse tipo de perigo ao mantê-lo sempre perto de nós. 

Uma expressão do amor a Deus
Louvor sincero não é um simples elogio a Deus, mas sim um reflexo do amor que a pessoa venha a sentir por Ele. 

Basta olhar em torno para ver que o mundo está cheio de louvor: o namorado louva as qualidades da namorada, usando versos, cartas, serenatas, etc; os fãs de futebol louvam seus ídolos ao aplaudi-los nos estádios; as adolescentes louvam seus artistas preferidos com gritos histéricos; e assim por diante. 

O louvor é importante porque completa a apreciação que sentimos. E por isso é tão ruim fazer turismo sozinho - quando gostamos de algo, precisamos ter alguém perto para compartilhar nossa apreciação (louvor). 

Quando amamos Deus verdadeiramente, o louvor brota de forma espontânea (Salmos capitulo 147, versículo 1). Portanto, a capacidade de louvor de verdade é um bom "termômetro" da dimensão do amor por Deus.

Palavras finais
Avaliar que Deus é vaidoso é partir de uma premissa errada: as categorias parar avaliação de Deus e o ser humano podem ser as mesmas. Não são. Afinal, Deus é um Ser muito, mas muito, especial. Está muito além até da nossa compreensão.

Deus não é vaidoso - basta lembrar a humildade que Jesus demonstrou quando viveu neste mundo. O louvor é um instrumento que Deus usa para nos manter numa relação saudável e estreita com Ele. E também é uma consequência inevitável, quando essa relação floresce e se transforma em amor verdadeiro. 

Concluindo, louve a Deus sempre que puder. De todas as formas. E com todo o seu ser.

Com carinho

Um comentário:

  1. Que Jesus o fortifique e abencoe nesse blog e vida, pois tem sido bencao em minha vida, e acredito q de muitas pessoas tambem. A paz do Senhor!

    ResponderExcluir