domingo, 16 de agosto de 2015

AS LEIS DE TRÂNSITO E A SALVAÇÃO

Porque, se com a tua boca confessares a Jesus como Senhor, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo.                  Romanos capítulo 10 versículo 9
O texto acima está dizendo duas coisas: (1) quem crer de fato que Jesus é o Salvador e (2) afirmar isso alto e bom som será salvo. A segunda parte da declaração não deixa qualquer dúvida: é preciso afirmar que se aceita Jesus. Mas a primeira parte - "crer no coração" - não é tão simples de entender quanto parece à primeira vista.

É fácil de perceber que "crer" é muito mais do que apenas "saber", ter certeza, pois até os demônios sabem que Jesus é o Filho de Deus (p. ex. Mateus capítulo 8, versículos 28 e 29). O "crer" que leva à salvação tem o sentido de "aceitar" aquilo que se sabe. 

Para tornar essa diferença mais clara, vou dar um exemplo prático. Imagine que certo motorista trafegue a 100 km/h por uma estrada cujo limite de velocidade seja de 60 km/h. Será que o motorista conhece o limite de velocidade? Claro que sim - há muitas placas de sinalização falando sobre isso. Mas será que ele aceitou o limite imposto a ponto de ajustar o próprio comportamento? A resposta é não.

O "crer" de que a Bíblia fala tem o sentido de aceitar uma verdade a ponto dela gerar mudança de vida. A crença em Jesus precisa fazer diferença. Portanto, aquele que se diz cristão(ã), mas não vive de fato sua fé (veja mais), é como o motorista que trafega pela estrada se recusando a cumprir o limite de velocidade - sabe algo mas não o aceita de fato.

Ora, quem trafega em excesso de velocidade não pode ficar surpreendido(a) se vier a ser multado(a). Se tiver de pagar pelo seu erro. Da mesma forma, a pessoa que sabe quem Jesus é mas não ajusta sua vida de acordo, não poderá se surpreender com o fato de sua salvação estar em risco. 

E foi exatamente isso que Jesus disse (João capítulo 8, versículo 31): "...se vós permanecerdes na minha palavra, sois verdadeiramente meus discípulos". E só discípulos verdadeiros são salvos. Simples assim.

Com carinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário