segunda-feira, 21 de março de 2016

OS GEMIDOS IMPRESSIONANTES DO ESPÍRITO SANTO

O Espírito Santo atua a nosso favor no dia-a-dia de três formas: concedendo-nos dons espirituais (profecia, ensino, línguas, etc) para ajudar-nos a realizar a obra de Deus; promovendo mudanças no nosso interior, mudanças essas que geram o chamado "fruto" do Espírito (amor ao próximo, alegria, paz, paciência, bondade, fidelidade, serenidade e domínio próprio), e intercedendo por nós junto a Deus.

As duas primeiras formas de atuação do Espírito Santo são bem conhecidas e exploradas em muitos sermões e estudos bíblicos - eu mesmo já falei sobre esses temas várias vezes aqui no blog. Mas a terceira forma - a intercessão por nós - é pouco lembrada. Confesso não ter ouvido um sermão ou ensinamento sobre isso há muitos anos. Por que será?

A razão é simples: essa atividade tem a ver com nossos pecados e as pessoas não gostam de ser lembradas que pecam. Preferem falar sobre as promessas de Deus. Pregadores que falam muito sobre pecado não ficam populares, assim esse tema acaba ficando meio esquecido.

A intercessão do Espírito Santo é meu tema de hoje. E começo por um texto impressionante do apóstolo Paulo: ele contou que o Espírito Santo intercede por nós usando gemidos inexprimíveis (Romanos capítulo 8, versículo 26) - são gemidos tão sofridos e profundos que não há linguagem humana capaz de descrevê-los.

O fato é que muitas coisas relacionadas com Deus não podem ser bem explicadas pelos recursos de que dispomos - existem muitas outras além dos gemidos do Espírito Santo.

E isso não deve surpreender você. Afinal, em muitas esferas das nossas vidas, mesmo deixando de fora os aspectos relacionados com Deus, com coisas que não podem ser bem explicadas com os recursos de que dispomos.

Por exemplo, pense na música que mais emociona você. E tente descrevê-la em palavras - não me refiro aos seus sentimentos ao ouvi-la, mas sim como é a melodia dela. Depois, tente explicar porque essa música em particular emociona você. Verá que isso é quase impossível - palavras não conseguem exprimir essas realidades. Só ouvindo para conseguir entender.

Da mesma forma, não conseguimos explicar adequadamente como o Espírito Santo intercede por nós - a Bíblia fala em gemido mas, para mim, essa é uma metáfora para angustia e sofrimento.

O Espírito Santo fica angustiado e sofre por nós. Como o Ele é nosso aliado permanente e incondicional, angustia-se com a possibilidade de sermos punidos pelos erros (pecados) que cometemos.

Não devemos esquecer que o texto de Paulo que usamos para essa discussão é dirigido para pessoas convertidas, ou seja fala diretamente para nós.

E se nossos pecados inveja, hipocrisia, orgulho, maledicência, falta de caridade, egoismo, etc - não fossem sérios, não haveria motivo para o Espírito Santo ficar tão angustiado.

Precisamos ser gratos a Deus pela presença do Espírito Santo em nossas vidas. Sem isso, estaríamos perdidos. Simples assim.

Com carinho   

Um comentário:

  1. Amem!!! Glorias a "DEUS" pela unção do "ESPIRITO SANTO" em nossas vidas. Camila

    ResponderExcluir