quinta-feira, 28 de maio de 2015

O MILAGRE DE LUCIANO E ANGÉLICA

O Brasil se emocionou com a história do Luciano Huck e Angélica, que juntamente com seus filhos, duas babás e pilotos, escaparam de um desastre de avião terrível, no domingo passado.

Em depoimento ao Jornal Nacional da TV Globo, na noite de ontem, o casal falou sobre seu desespero, quando viu que o avião ia cair. E Angélica chegou a declarar que todos foram salvos pela mão de Deus. Ou seja, ela sabe que um milagre aconteceu na vida de sua família.

Esse casal me é muito simpático, não somente por ser uma ilha de sanidade no meio da loucura do mundo televisivo, que frequentemente dá exemplos péssimos. O casal está junto há muitos anos, parece viver bem e já tem três filhos. Apesar de ricos e famosos, não deixaram tais coisas influenciarem suas vidas - nunca foram flagrados dando testemunho ruim. E os programas de ambos na TV Globo costumam abraçar boas causas, voltadas a ajudar os menos favorecidos.

Alguns poderiam dizer que Luciano e Angélica foram salvos por Deus justamente porque são pessoas boas. Eu não gosto de pensar assim, pois já vi muita gente boa morrer em desastres ou doenças inesperadas e aí seria necessário explicar porque essas mortes não foram injustas. 

Eu já expliquei muitas vezes aqui neste blog que desastres acontecem por conta de erros humanos - no caso, combustível de má qualidade (contendo impurezas). E Deus não opera nas nossas vidas por conta dos nossos méritos. Suas razões são bem outras. Algumas conseguimos entender enquanto outras continuarão a ser misteriosas.

Agora, uma coisa é bem clara na Bíblia: toda vez que Deus se move, sempre tem como objetivo fazer sua obra avançar. É claro que Ele se alegra em fazer o bem para aqueles que ama, mas sempre há um objetivo maior por trás da sua ação. 

E aqueles que são beneficiados por um milagre assumem - embora muitas vezes não venham a se dar conta disso - a responsabilidade de contribuir para os objetivos de Deus.

Muitos anos atrás fui salvo de um atropelamento na porta da escola - tenho certeza que ali ocorreu um milagre. Eu sabia disso, mas vivi muitos anos da minha vida sem realmente me colocar à disposição da obra d´Ele - ia à igreja com regularidade, dava o dízimo e fazia algumas ofertas, mas não me envolvia de fato na obra. Hoje procuro fazer o que está a meu alcance e este blog é uma prova viva disso. Provavelmente poderia fazer ainda mais, mas sei que já avancei na direção certa.

A mesma responsabilidade bateu agora à porta de Luciano e Angélica. Cabe a eles entender isso e passar a agir de acordo.

A segunda reflexão que gostaria de fazer aqui é sobre a fragilidade da vida humana - ela é muito maior do que queremos reconhecer. A família do Luciano Huck estava bem num minuto, vivendo de forma privilegiada, e todos poderiam ter morrido no minuto seguinte. Hoje poderíamos estar acompanhando emocionados o enterro de todos eles.

Jesus lembrou essa realidade numa parábola bem conhecida (Lucas capítulo 12, versículos 16 a 21). Um lavrador muito rico teve uma colheita excepcional e resolveu aumentar seus celeiros para guardar todos os grãos que produziu. Aí disse para si mesmo que podia finalmente descansar e aproveitar o que tinha acumulado na vida. A parábola termina com a seguinte frase de alerta:
...Louco, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado...?  
Precisamos aprender a não deixar para amanhã as ações espirituais que são necessárias, pois não sabemos o que vai acontecer. Afinal, nossa vida não está debaixo do nosso controle. Simples assim.

Que a família do Luciano e da Angélica tenha uma vida abençoada. Mas que eles também possam ser uma benção na obra de Deus. Esse é meu desejo sincero para eles.

Com carinho 

2 comentários:

  1. Gostei muito de seu blog! Continue assim. Que Deus continue te usando e te abençoando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por suas palavras. Volte sempre.

      Abs

      Excluir